FALA


Also found in: Encyclopedia, Wikipedia.
AcronymDefinition
FALAFaller A (firefighting)
FALAFirst Amendment Lawyers Association
FALAFlorida Assisted Living Association
FALAFlagstaff Arts and Leadership Academy (Flagstaff, AZ, USA)
FALAFlorida Assisted Living Affiliation
FALAFirst American Leadership Awards (National Center for American Indian Enterprise Development)
FALAFoundation of the Association of Legal Administrators
FALAForeign Area Living Allowance
FALAFlorida Alpaca & Llama Association, Inc.
References in periodicals archive ?
Tabela 1 Estilos linguisticos observados nas falas das docentes e monitoras, por grupo de idade Estilos linguisticos 1 ano 2 anos 3 anos Diretivos de atencao 22% -- 25% Diretivos de controle 9% 11% 12% Diretivos de instrucao 35% 15% 25% Feedback de aprovacao 11% -- 12% Feedback de desaprovacao 13% 11% 12% Assertivos 2% 22% -- Reformulacao -- 15% -- Solicitacao 4% 25% 12% Cantar 4% -- --
Algumas diferencas entre as diades observadas foram encontradas, que podem ser atribuidas a caracteristicas individuais das maes, mas inegavelmente o desenvolvimento da crianca parece ser a variavel mais importante a ser hipotetizada para explicar as variacoes no tipo e no conteudo das falas maternas.
Neste trecho, as falas "falta de vaga em maternidades", "sofre com o mesmo problema", "corredores lotados" sao falas selecionadas e ajudam a construir ou reforcar o sistema publico de saude como ineficiente e, assim, criando um mito sobre o Sistema Unico de Saude.
Cabe reportar que, apesar de nao trazidas aqui, ha varias interacoes na familia de Catarina em que seu irmao mais velho, diferentemente de Catarina, e tomado como participante legitimo das interacoes com os pais, sendo suas falas sempre ratificadas.
No geral, poucas sao as falas que se enquadraram na esfera acional e nao se registrou a utilizacao, por parte dos sujeitos, de ato da fala que pertencesse a esfera contractual.
Pela analise das falas destacadas no trecho acima, essa operacao de significado resulta das expectativas dos sujeitos em relacao a um conjunto de conhecimentos ligados a ideia de "trabalhar".
Duranti (2001) esclarece e resume essas criticas em tres pontos: (i) nao e universalmente aceito, nas ciencias sociais, o tratamento de categorias tais como classe social, sexo/genero, raca e geracao enquanto variaveis independentes entre si; (ii) e comum a ausencia, nos estudos sociolinguisticos quantitativos, de uma definicao de "contexto" como algo que esta sempre mudando e que tem na referencia a fala um de seus elementos constitutivos; (iii) se a fala e uma realizacao interacional, nao se deveria ter a entrevista sociolinguistica como o metodo mais confiavel para acessar falas espontaneas.
Na quarta secao, apresentamos a sobreposicao de falas e, na quinta, a analise de dados, formulando assercoes a partir dos casos de sobreposicao de falas encontrados no corpus.
Alem disso, sao feitas edicoes para excluir todos os dados que nao sao pertinentes as analises, tais como as falas das entrevistadoras ou as falas nao compreensiveis das criancas.
Os fonoaudiologos referiram ter audicao normal, nao tiveram contato com os sujeitos que tiveram suas falas gravadas e nao receberam informacoes sobre o objetivo do estudo.
Provavelmente, para terem reproduzido tao fielmente esse dialeto, eram eles mesmos utentes dessa variedade, pois em nenhum momento parece haver artificialismo nas falas das personagens.