FVPP

AcronymDefinition
FVPPFamily Violence Prevention Program (various locations)
FVPPFlorida Vehicle Procurement Program
FVPPFamily Violence Partnership Program (various organizations; Australia)
FVPPFine Video Picture Processing
References in periodicals archive ?
A FVPP e o CIMI nunca se direcionaram para fazer uma proposta para o desenvolvimento local ou mostraram uma preocupacao em preservar realmente, porque nunca apresentaram uma proposta ao empreendimento.
A FVPP era convidada, mas se recusou e se recusa a participar por considerar estes elementos mera formalidade e nao participacao de fato, onde nao se pode colocar numa mesma mesa, inimigos historicos.
O Comite Gestor, simbolo da segunda dimensao psicossocial participativa para o controle das acoes e investimentos para o desenvolvimento local, necessita da participacao da sociedade civil, inclusive da FVPP, pela sua importancia e historia no processo de resistencia a construcao e por ser mais um ente neste controle, alem do Consorcio Belo Monte, FORT-Xingu e Conselho Indigena--COI.
A secretaria tecnica do Consorcio Belo Monte afirmou que, de acordo com a constituicao da instituicao e Estatuto, deveria haver a participacao dos movimentos sociais, com destaque para a FVPP, porem, nao havia a presenca da fundacao nas reunioes do Consorcio, desencadeando uma ausencia nas discussoes em torno da hidreletrica, e quando da participacao no PDRS do Xingu, suas presencas eram pontuais, apenas no Seminario de Cadeias Produtivas, organizado pelo Plano, realizado em agosto de 2010, em Altamira:
Revela que mesmo quando as reunioes estavam sendo realizadas rigorosamente, nao tinham a presenca da FVPP, basicamente apenas dos representantes do poder executivo dos municipios associados, e de alguns representantes do poder legislativo:
A FVPP nao participou e nunca vai participar, seja do Consorcio ou de qualquer coisa que possibilite um espaco de discussao para a construcao da Hidreletrica Belo Monte.
A FVPP mediante seus movimentos faz procuracoes que nao conferem a posicao indigena, nao participam de reunioes ou apresentam um modelo de desenvolvimento que possa vir a colaborar com os planos desenvolvidos.
Assim, nesta arena da gestao participativa e na dinamica dos representantes locais que influenciam e dificultam a relacao entre Estado e sociedade civil, destaca-se uma questao bastante importante, a mudanca de gestao nas diversas representacoes locais, seja no Consorcio Belo Monte, na FVPP e no FORT-Xingu, de Estado, seja do governo federal e estadual, bem como a indicacao para a participacao do Comite Gestor, com vistas a garantir os interesses coletivos e especificos de cada segmento social.
Associa-se a isto, as mudancas de atores sociais nas representacoes institucionais da sociedade civil a partir do ano 2011, como o Consorcio Belo Monte, o FORT-Xingu e a FVPP, bem como do Estado, de gestao dos governos federal e estadual, estao influenciando os movimentos destes novos atores, sobretudo, da sociedade civil, para o inicio das reunioes do Comite Gestor, apesar da emissao da Licenca de Instalacao.