INTF

AcronymDefinition
INTFInterface
INTFInstituto Nacional do Transporte Ferroviário (Portugal)
INTFInternational Nonviolence Training Fund (A.J. Muste Memorial Institute; New York, NY)
INTFInvaldos Nekilnojamojo Turto Fondas (Lithuanian: Invalda Real Asset Fund)
References in periodicals archive ?
Conforme a Tabela 4, o IF apresentou correlacao positiva com INTF e negativa com as demais variaveis mas nenhuma correlacao com NFH; evidenciou-se, tambem, que o IF tardio contribuiu para diminuicao das variaveis NHF (r = -0,75**), CHF (r = -0,61**), CB (r = -0,70*) e AFH (r = -0,66*) implicando em perdas na produtividade e na qualidade das hastes florais, respectivamente.
A correlacao linear ocorrida entre o IF e o INTF (r = 0,65*) indica que o inicio da floracao tardia implica em reducao da producao em decorrencia do maior intervalo no surgimento entre uma flor e outra.
O NHF mostrou correlacao positiva, Tabela 4, com o CHF (r = 0,97**), DHF (r = 0,92**), CB (r = 0,96**) e AFH (r = 0,96**) negativo com INTF (r = -0,94**) mas nenhuma relacao com NFH (r = 0,58ns) indicando que, a proporcao em que se deu aumento no NHF, ocorreu um crescimento produtivo em relacao ao comprimento e diametro das hastes, maior comprimento da bractea e da area foliar proporcionando, ainda, um intervalo menor entre o surgimento das flores.
Pode-se observar, na Tabela 4, que o NHF por touceira teve um comportamento identico (r) em relacao ao NPT, em que houve coincidencia nas variaveis correlacionadas (CHF, DHF, CB, INTF, NFH e AFH); isto se deve, sem duvida, ao fato de que o NHF e uma variavel dependente do NPT, de forma que os perfilhos desenvolvidos na touceira se tornarao reprodutivos (produzindo hastes floridas) ou permanecerao como hastes vegetativas, podendo ser utilizados como material propagativo (Oliveira et al.
A produtividade de flores das heliconias depende do percentual de perfilhos floridos por touceira e/ou por metro quadrado enquanto a correlacao do NHF com INTF (r = -0,94**) indicou que quanto maior a producao de hastes florais menor foi o intervalo de floracao, ou seja, maior producao de flor em determinado periodo (Oliveira et al.
O CHF mostrou correlacao positiva com o DHF, CB, AFH, negativa com INTF e nao significativa com o NFH, evidenciando (Tabela 4) que quanto maiores os valores do CHF maiores tambem serao os valores do DHF (r = 0,95**), CB (r = 0,96**) e AFH (r = 0,98**), e menores os valores do INTF (r = -0,96**).
As estimativas medias do DHF, Tabela 4, apresentaram correlacoes positivas com CB (r = 0,97**) e AFH (r = 0,94**) e negativa com INTF (r = -0,90**) sinal de que sempre que o DHF aumentou, ficou patente o aumento do comprimento da bractea e da area foliar evidenciando que houve menor intervalo entre as flores produzidas; este fato pode ser atribuido a disponibilidade dos nutrientes oriundos das fontes de adubacao.
Conforme os dados obtidos (Tabela 4) o CB indicou correlacao positiva com AFH (r = 0,97**), negativa com INTF (r = -0,94**) e nao significativa com NFH, indicando que as plantas produtoras de maiores bracteas foram as que tiveram maior area foliar e tambem as que produziram maior numero de hastes em determinado periodo.
O CB indicou correlacao positiva com a AFH (r = 0,97**), negativa com o INTF (r = -0,94**) e nao significativa com o NFH mostrando que as plantas produtoras de maiores bracteas foram as que tiveram maior area foliar e tambem as que produziram maior numero de hastes em determinado periodo.
A variavel INTF apresentou correlacao negativa com NFH (r = -0,70**) e AFH (r = -0,97**).