ASMAS

AcronymDefinition
ASMASAtlanta Southern Marine Aquarium Society (Georgia)
References in periodicals archive ?
Alteracoes anatomopatologicas, anteriormente identificadas apenas em casos graves de morte por asma, atualmente sao encontradas mesmo em individuos com formas leves da doenca e ate mesmo em criancas, gracas aos metodos disponiveis de estudo e obtencao de biopsias bronquicas.
A fibrose subepitelial esta presente, em graus variaveis, em todos os individuos com asma, mesmo antes do surgimento de sintomas.
Em casos de morte por asma, observa-se grande quantidade de muco rico em eosinofilos na luz bronquica, cristais de Charcot-Layden (agregados de proteinas cationicas eosinofilicas), espirais de Curchmann (aglomerados de eosinofilos moldados), extensa lesao epitelial, intenso infiltrado de linfocitos e eosinofilos na submucosa, alem de exagerado aumento da musculatura lisa bronquica, de glandulas da submucosa bronquica e extensa fibrose com espessamento subepitelial, ou seja, extenso remodelamento da via aerea inferior (figura 2).
A hiper-responsividade bronquica caracteristica da asma e ampla, fazendo com que o paciente asmatico esteja sujeito ao desencadeamento de crises por diversos fatores, especificos (alergicos) e inespecificos (nao alergicos).
Os fatores inespecificos incluem as infeccoes virais (rinovirus, virus sincicial respiratorio, adenovirus, influenza e parainfluenza), que sao a causa mais frequente de crises de asma em lactentes e criancas (ate 90% das crises).
Apos a pandemia da influenza A (H1N1), em 2009, varios estudos destacaram a asma como comorbidade importante nesta infeccao, cujos marcadores de gravidade, como internacao, admissao em unidade de terapia intensiva e mortalidade foram associados com o diagnostico de asma.
Ha evidencias de que o tabagismo e um fator de risco para asma quase fatal e fatal.
O exercicio fisico desencadeia crises de asma, muitas vezes manifestadas apenas por tosse seca e baixa tolerancia ao esforco, principalmente em criancas e adolescentes.
Alguns desses pacientes evoluem com asma grave, primariamente nao alergica, associada com rinossinusite e polipose nasal (atualmente chamada doenca respiratoria exacerbada pela aspirina--DREA--, ou sindrome de Samter).
Ocasionalmente alimentos podem desencadear crise de asma isolada.
Os betabloqueadores podem desencadear broncoespasmo em pacientes com hiper-responsividade bronquica subclinica, ou ainda agravar a asma pre-existente e, por isso, sao contraindicados nesses pacientes.
Os principais fatores de risco sao a asma grave, as infeccoes virais e a interrupcao do tratamento adequado devido a crenca de que o tratamento prejudicaria o feto.