BLFC

AcronymDefinition
BLFCBulwer-Lytton Fiction Contest (San Jose State University, English Department)
BLFCBrine Line Flow Control (water softeners)
BLFCBarnsley Ladies Football Club (UK)
BLFCBlack and Latino Filmmaker's Coalition
BLFCBig Lama Fan Club (online forum)
BLFCBoroondara Lions Football Club (Australia)
References in periodicals archive ?
Deste modo, apenas a bebida BLFC poderia ser considerada potencialmente probiotica, pois o genero Lactobacillus spp.
As formulacoes BL e BLC nao diferiram entre si nos parametros glicideos redutores em lactose e em sacarose, porem apresentaram-se com maiores valores (p<0,05) quando comparados as bebidas BLF e BLFC, sendo que essas duas ultimas formulacoes nao diferiram entre si.
Os resultados de menores valores de glicidios redutores em lactose (Tabela 2) eram esperados para as bebidas fermentadas, pois as bacterias lacticas utilizaram parte da lactose como substrato na atividade fermentativa com producao predominante de acido lactico, o que pode ser comprovado pelos menores valores de pH e maiores niveis de acidez apresentados pelas BLF e BLFC (Tabelas 3 e 4).
As BLF e BLFC apresentaram em todos os tempos analisados valores de pH inferiores e significativos em comparacao com os valores de pH apresentados pelas BLC e BL (Tabela 3).
A BL diferiu de todas e apresentou medias de acidez inferiores em todos os tempos, enquanto a BLFC tambem diferiu das demais e seus valores medios de acidez foram superiores em todos os tempos (Tabela 4).
Nas amostras BLC e BLFC, houve um aumento progressivo da acidez ao longo do armazenamento refrigerado (Tabela 4), o que tambem foi constatado no desenvolvimento de uma bebida a base de leite carbonatada.
Os teores medios de carbonatacao das BLC e BLFC foram equivalentes (media de 1,95 [+ or -] 0,13v/v) e nao diferiram entre si, variando de 1,75 a 2,20 ao longo de 28 dias de armazenamento do produto (dados nao apresentados).
Os resultados de indice de proteolise (Tabela 6) comparativos entre as bebidas em cada tempo analisado foram significativos e superiores para BL, seguidos dos resultados da BLC com valores intermediarios e as BLF e BLFC apresentaram resultados inferiores as demais, sem diferencas significativas entre si.
Para as bebidas BLF e BLFC, os valores do indice de proteolise (Tabela 6) estao correlacionados com a acao das enzimas endogenas do leite, como a plasmina, uma vez que contaminantes apresentaram-se ausentes nas bebidas ao longo de 28 dias de armazenamento refrigerado.
Considerando o tempo 7 dias, houve uma preferencia geral pela BLF, seguida pelas bebidas BL, BLFC e BLC.
A BLFC apresentou, em geral, menores medias de aceitacao (Tabela 7), mas seus resultados foram muito proximos aos alcancados pela BLC, com diferencas apenas na cor (tempo 7 dias) e sabor (tempo 21 dias).
Estes resultados nao corroboram com os alcancados no presente estudo, pois BLF apresentou maiores medias para os atributos textura, sabor e acidez em comparacao com a BLFC, com diferencas significativas nos dois tempos analisados.