JOVEN

AcronymDefinition
JOVENJuvenile Outreach and Vocational Educational Network (San Antonio, TX)
References in periodicals archive ?
A proposta de criacao de Com-Vidas surgiu como resposta as deliberacoes da I Conferencia Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente (I CNIJMA), realizada pelo Ministerio do Meio Ambiente em parceria com o Ministerio da Educacao, em 2003, quando os estudantes envolvidos propuseram a criacao de coletivos jovens de meio ambiente e a elaboracao da Agenda 21 nas escolas do pais.
RESUMO: O presente artigo vem a partir de uma experiencia brasileira onde se mostra que a participacao de jovens em coletivos, neste caso, que refletem politicas publicas e meio ambiente constitui fertil oportunidade de formar sujeitos sociais.
Ainda de acordo com esses autores, o termo juventude comecou a ser percebido somente a partir do seculo XIX e teve sua efetiva expansao durante a I Guerra Mundial--quando os jovens da frente de batalha se opuseram as velhas geracoes de retaguarda.
Os jovens da geracao internet estao hoje adentrando no mercado de trabalho ou nas universidades e isso tem mudado as formas ate entao existentes de atuacao nestes espacos.
A investigacao brasileira desenvolveu um eixo conceitual e metodologico que mapeou os principais acontecimentos e marcos esteticos e culturais que tenham envolvido a presenca e o protagonismo juvenil por um lado e, por outro, a ressonancia que tenham tido sobre os jovens e as culturas juvenis (3).
Em termos gerais, anteriormente, os jovens tomavam as ruas como dominio territorial e espaco de lazer, com as demarcacoes de territorio por suas gangues, e afiliar-se a elas significava lutar pela circulacao e ocupacao desses espacos publicos.
Nessa medida, jovens que desenvolvem relacoes com os pais pautadas pela proximidade, responsividade e encorajamento a exploracao face as suas necessidades desenvolvimentais, tendencialmente desenvolvem imagens mais positivas de si e dos demais.
Antes de mergulharmos nesse arcabouco teorico, entendemos ser importante apresentarmos o estado da arte envolvendo a relacao entre jovens e religiao, bem como observarmos como esse tema vem sendo abordado pelas Ciencias Sociais, em especial a Geografia.
Apesar das transformacoes sofridas ao longo da historia essas dimensoes ainda ocupam lugar central e essencial no processo de autonomia e independencia dos jovens (Castro, Aquino & Andrade, 2009).
Ao nos defrontar diante das dificeis barreiras historico-sociais enfrentadas pelos estudantes da EJA, vemos que o professor de jovens e adultos e desafiado a produzir sentidos sobre saberes/praticas/experiencias no/do exercicio da docencia, a elaborar a critica sobre os dilemas da escolarizacao precaria destes sujeitos e a afirmar que estes jovens e adultos nao escolarizados e nao alfabetizados sao sujeitos de direitos, conhecimento e aprendizagens.
Focando a juventude, Maria de Assuncao Lima Paulo, em "Juventude rural, sexualidade e genero: uma perspectiva para pensar a identidade", tenta verificar como os jovens rurais se percebem como individuos, utilizando-se dos questionamentos envolvendo a sexualidade para perceber como essas jovens pensam suas identidades.